Dia Internacional da Mulher

Saiba tudo sobre o Dia Internacional da Mulher. Essa data que no início era apenas uma reivindicação por melhores condições de trabalho, direito à igualdade salarial entre homens e mulheres, hoje é marcada também pela luta das mulheres contra o machismo e a violência. Acompanhe abaixo.

Aqui no blog Dia da Mulher nós trazemos muitas ideias de lembrancinhas e presentes para comemorar a data 8 de março. É gostoso sim, ser lembrada e receber mimos. Mas não vamos ser hipócritas. O dia 8 de março não nasceu para ser apenas um dia de lembrancinhas e chocolates e nós vamos explicar tudo para você nesse post.

O Dia Internacional da Mulher (ou simplesmente como ficou conhecido no Brasil, o Dia da Mulher) é comemorado todo ano no dia 8 de março. Apesar de ser uma data comemorada em todo território brasileiro, ela não é considerada um feriado nacional.

O dia 8 de março para muitas pessoas é somente um dia para homenagear às mulheres, com flores, presentes e cartões; porém, essa data não foi criada pelo comércio, com fins consumistas, como costuma-se acontecer com outras datas comemorativas. O 8 de março é uma data que se iniciou por conta de alguns fatos históricos que vamos falar nesse post, sendo que a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas) no ano de 1975. Continue acompanhando para saber as origens do dia internacional da mulher e entender melhor.

Em todo o mundo a data é usada para conscientizar as pessoas do papel da mulher na sociedade, lutando por direitos iguais entre os gêneros

Atualmente, o Dia da Mulher vai muito além de ser uma data de comemoração e festividades. O dia que surgiu devido a lutas, ainda é um dia de conscientização para alertar contra as desigualdades existentes na sociedade atual.

Como surgiu o Dia Internacional da Mulher?

No começo do século 20 as mulheres, que não tinham muita voz e nem muitos direitos na sociedade, começaram a lutar e reivindicar mais espaço e direitos iguais. As mulheres trabalhadoras se juntavam para exigir que elas tivessem direitos melhores no trabalho, como uma jornada de trabalho mais curta (antes elas precisavam trabalhar cerca de 15 horas por dia), licença maternidade, salários melhores, etc.  Elas também queriam ter mais acesso à política e claro, o direito ao voto.

Conheça a história do Dia Internacional da Mulher

Ao que se sabe, o Dia da Mulher foi comemorado pela primeira vez, a nível nacional, em 26 de fevereiro de 1909, em Nova York, por um grande grupo de mulheres (cerca de quinze mil mulheres) com uma grande passeata. Elas buscavam direitos iguais na economia e política. Mas foi apenas em 1910, na 2ª Conferência Internacional de Mulheres Socialistas realizada em Copenhague, na Dinamarca; que Clara Zetkin, importante ativista alemã, sugeriu que fosse realizada uma jornada de manifestações. Sua proposta era de houvesse uma manifestação anual em prol das mulheres e pela igualdade dos direitos.

VIII Congresso da Internacional Socialista realizado em Copenhague no ano de 1910, com a presença de Alexandra Kollontai e Clara Zetkin.

Foi escolhida então a data de 19 de março de 1911 para ser a data oficial deste movimento, sendo comemorada em países como Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça.

Importante lembrar que em 25 de março de 1911, morreram em um incêndio criminoso em uma fábrica de camisas em Nova York 125 mulheres enquanto lutavam para conseguir melhores condições de trabalho. Como este fato aconteceu em março, muita gente tem associado esta data com as manifestações femininas.

Nesta foto, do ano de 1913, podemos ver que as mulheres dos Estados Unidos já protestavam pelo direito ao voto. Foto: Getty Images
Poster alemão conclama o direito ao voto feminino numa manifestação em 8 de março de 1914.

Em 1917, aconteceu um marco ainda mais importante que culminaria na escolha da data em 8 de Março. Nesse dia, um grupo de trabalhadoras operárias saiu às ruas em manifestação contra a fome e a Primeira Guerra Mundial, movimento esse que seria o pontapé para o início da Revolução Russa. Essa manifestação ocorreu em 23 de fevereiro pelo antigo calendário russo – o que equivalia ao 8 de março no calendário gregoriano, que os soviéticos adotariam em 1918 e é utilizado pela maioria dos países do mundo hoje. Após a revolução bolchevique, esse dia foi oficializado entre os soviéticos como a celebração da “mulher heróica e trabalhadora”. Desde então essa data ficou mundialmente conhecida como o dia internacional de lutas e conscientização pela emancipação da mulher.

A oficialização do Dia Internacional da Mulher

Foi somente no ano de 1975 que o Dia Internacional da Mulher foi de fato oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Este ano foi intitulado como o Ano Internacional da Mulher, marcando assim todas as conquistas e lutas da mulher na sociedade.

Qual a importância do Dia Internacional da Mulher?

A data comemorada no dia 8 de março é importante para nós refletirmos sobre nossas atitudes e ações que fazemos ao longo do ano. É um momento de reflexão, de pensar se estamos tratando as mulheres com igualdade, se não estamos sendo machistas, colocando as mulheres em uma posição de inferioridade simplesmente pelo fato de serem mulheres. Nós precisamos nos policiar e meditar sobre como estamos lidando com o papel da mulher na sociedade e no mercado de trabalho.

Nos últimos anos, esse movimento em prol da mulher tem ganhado força. A luta das operárias do começo do século 20 está sendo resgatada e por todo mundo é possível ver protestos e manifestação em defesa aos direitos das mulheres.

Veja também: 4 mulheres incríveis que entraram para a história

Por que comemorar o Dia Internacional da Mulher?

Todos devem comemorar o Dia da Mulher para manter viva essa conscientização dos direitos das mulheres, da sua importância e valor na sociedade. O que nós queremos é que todos reconheçam o papel importante que a mulher exerce na sociedade. Comemorar o dia 8 de março é não esquecer que essa luta é constante e é de todas nós.

A data é comemorada em praticamente todo o mundo. Ao longo do tempo, em alguns lugares, o dia 8 de março tem se tornado cada vez mais uma data comercial. Em alguns países, como é o caso da Rússia, o 8 de março virou feriado nacional. Por lá a venda de flores no Dia da Mulher se multiplica, e os homens têm o costume de presentear e homenagear as mulheres com flores. Já na China, muitas empresas nessa data, seguindo recomendação do governo chinês, dão metade do dia de folga para as mulheres.

Aqui no Brasil não é feriado. Comemoramos a data lembrando dos direitos das mulheres. Há protestos, palestras, mobilizações para que toda a sociedade se conscientize e de fato, se transforme. Tanto na questão trabalhista, com melhores condições de trabalho quanto na questão do machismo e da violência contra a mulher.

Veja também: Ações para o Dia Internacional da Mulher na Empresa

É errado comemorar o Dia Internacional da Mulher com flores ou lembrancinhas?

Não é errado. Tanto é que aqui no blog você vai encontrar várias ideias. Mas lembramos que não pode ficar apenas nisso. Presenteie sim quem é especial para você. Presenteie quem você reconhece como sendo guerreira, batalhadora, quem tem garra e acredita num mundo melhor. Mas faça mais do que dar presentes físicos. Faça com que no seu dia a dia as mulheres tenham os mesmos direitos que os homens, lute para que a desigualdade e a violência acabe. Dessa maneira, o Dia Internacional da Mulher terá alcançado o seu ideal.

Vídeo A História do Dia Internacional da Mulher

Assista o vídeo abaixo do canal Almeida Junior Locutor que conta mais detalhes de como surguiu essa data comemorativa no Brasil e no mundo:


Se o vídeo acima não abrir, clique aqui para você assistir